Home | Quem somos | Contato | Listagem de Salões e Clínicas de Estética! | Produtos e Serviços | Seja nosso REPRESENTANTE | Blog
SGBeauty
Clique para logar no sistema!
CADASTRE-SE
GRÁTIS
Cadastre-se e faça parte de nossa lista de pesquisa. Divulgue seu salão e faça com que ele fique ainda mais conhecido e visível na WEB...

   
Notícias

Home » Notícias » Dicas para Clínicas e Centros de Estética

30/10/2013

Clique na imagem para ampliar

 

O mercado nacional de estética é o segundo maior do mundo e cresceu 20% ao ano na última década. O Brasil já tem mais de um milhão de esteticistas e cada vez mais gente quer entrar nesse ramo.

Veja algumas dicas para os negócios desse segmento no período que envolve os megaeventos esportivos que ocorrerão no país, conforme publicado em Ideias de Negócios Clínicas e Centros de Estética.

Considere a internet como tecnologia fundamental ao negócio, através de duas óticas:

 

·         Presença digital na internet: ponto de conexão mundial. Faça dessa ferramenta uma forma de promoção dos centros de estética por meio de redes sociais, blogs, página web, e-mail, agendamentos via internet e campanhas promocionais;

 

·         Disponibilidade de uma rede wi-fi para o cliente se entreter com os jogos e assuntos afins ou trabalhar durante a utilização dos serviços dos centros de estética.

 

Com um pouco mais de investimento, adquirir um tablet com um aplicativo de pesquisa de satisfação pode tornar mais atrativa para o seu cliente a coleta de sugestões de melhorias. Esses resultados podem ser uma ferramenta fundamental na melhoria contínua do negócio.

O Ideias de Negócios Clínicas e Centros de Estética apresenta conceitos e informações relativas a processo produtivo, mercado, marketing e vendas, canais de comercialização, estrutura, localização, equipamentos, tecnologia, necessidade de pessoal, custos e capital de giro, fonte de recursos, planejamento financeiro, legislação, cursos, eventos e sites que podem ser de interesse do empreendedor.

O material não substitui a elaboração de um Plano de Negócio, mas as informações nele contidas fazem parte de pesquisas e entrevistas com especialistas e empreendedores, com o objetivo de oferecer uma visão estratégica da atividade.

Do capítulo mercado, extraímos outras dicas. Veja:

·         Um aumento populacional gerado por profissionais do esporte, jornalistas e turistas é fator inerente. Buscar parcerias para tornar-se o esteticista de um grupo de jornalistas ou uma delegação de esportistas pode gerar um incremento de receita significativo.

 

·         Buscar uma parceria com empresas de cosméticos, nacionais e internacionais, que queiram vender de forma diferenciada seus produtos no centro de estética. Grande parte dos clientes de Centros de Estética aceita a indicação do profissional para o consumo de produtos.

 

·         Centros de estética para um público específico é uma tendência real. Com a oportunidade dos megaeventos, estruturar o negócio para atendimento e produtos exclusivos para homens pode ser um bom negócio.

 

·         O horário de funcionamento flexível, e expandido, com relação ao horário comercial – das 7h às 23h – acaba atraindo um público diferenciado.

 

·         O cartão presente ou cartão indicação podem ser ferramentas promocionais simples para incentivar a frequência do centro de estética. Nessa linha de pensamento, a promoção “faça uma limpeza de pele, poste na rede social e ganhe 50% na massagem” pode ser uma boa dica.

 

A qualquer tempo, todo centro de estética deve prover um ambiente confortável, limpo e prático. Esses são itens importantes para fidelizar os clientes e tornar a prestação de serviço de beleza uma experiência agradável. Além disso, é sempre essencial ter um serviço de qualidade com um preço justo. Para isso, o segredo é equilibrar as contas da empresa e evitar o desperdício.

 

Enfim, tornar os espaços físicos mais atrativos, primar pela limpeza e praticidade, divulgar a brasilidade dos cabelos e unhas, buscar parcerias, expor e vender produtos de beleza, inovar em serviços, criar pacotes com preços mais atrativos, investir na fidelização de clientes, ter flexibilidade nos horários, são exemplos de iniciativas que podem tornar o empreendimento mais competitivo.

 

 Fontehttp://www.sebraemercados.com.br/?p=21316Dicas%20para%20Cl%C3%ADnicas%20e%20Centros%20de%20Est%C3%A9tica

Para acessar o material completo clique: http://segmentos.sebrae2014.com.br/ideiasdenegocios/clinicas-e-centros-de-estetica/?id=5401&t=10


   

Todos direitos reservados © Salão de Beleza e Cia
comercial@salaodebeleza.com.br